www.amigosdatradicao.com.br
 


 
 
Busca
 
 
Menu
  P├ígina Inicial
Vocabulário
  Ora├ž├úo do Ga├║cho
  Ad├ígios Ga├║chos
  Anedotas de Ga├║cho
  Dicion├írio Ga├║cho
  Ditados Ga├║chos
  Express├Áes Gaud├ęrias
Costumes
  Churrasco
  Culin├íria
  Chimarr├úo
Cavalos
  Origem do Cavalo
  Nomenclatura
  Pelagem
  Fotos
Cultura
  As Lendas Ga├║chas
  Os Mitos Ga├║chos
  Dan├žas Tradicionalistas
  Indument├íria Ga├║cha
  Tradicionalismo
Hist├│ria
  Cronologia Hist├│rica
  Estrutura de um CTG
  Ga├║cho e sua Origem
  Princ├şpios Ga├║chos
  Comportamento
  ├ëtica Tradicionalista
  O Tropeirismo
  Forma├ž├úo da Est├óncia
  Guerra dos Farrapos
Poesias
M├║sicas
  Cifras
  Letras
Galeria de Fotos
 
Poesia: Mapas de Amizade
 
Pilchas e arreios, o meu len├žo bem atado.
De r├ędea curta, o meu tobiano rosilho
Conhece trilhos, hoje em dia, onde um ga├║cho,
Mesmo sem luxo, ainda andeja no lombilho.

Por onde passo, no meu tranquito teatino,
O campesino e o povoeiro têm respeito.
É deste jeito: De-a-cavalo pelo pampa,
Que a xucra estampa perpetua o seu destino.

Her├│i Rio Grande, onde o povo cavaleiro
Nos seus ap├¬ros tran├ža cordas sem idade.
Com liberdade, r├ędea, estribo e ferradura,
Pelas lonjuras, tra├žam mapas de amizade.


Autor: Iberê Machado

 
Portal Amigos da TradišŃo - 2004 | 2022 - WebMaster: Jonatan S. da Costa