www.amigosdatradicao.com.br
 


 
 
Busca
 
 
Menu
  Página Inicial
Vocabulário
  Oração do Gaúcho
  Adágios Gaúchos
  Anedotas de Gaúcho
  Dicionário Gaúcho
  Ditados Gaúchos
  Expressões Gaudérias
Costumes
  Churrasco
  Culinária
  Chimarrão
Cavalos
  Origem do Cavalo
  Nomenclatura
  Pelagem
  Fotos
Cultura
  As Lendas Gaúchas
  Os Mitos Gaúchos
  Danças Tradicionalistas
  Indumentária Gaúcha
  Tradicionalismo
História
  Cronologia Histórica
  Estrutura de um CTG
  Gaúcho e sua Origem
  Princípios Gaúchos
  Comportamento
  Ética Tradicionalista
  O Tropeirismo
  Formação da Estância
  Guerra dos Farrapos
Poesias
Músicas
  Cifras
  Letras
  Grupos Gaúchos
Galeria de Fotos
 
Participe do Portal
 
 
Receba Notícias por e-mail
 
Nome:
E-mail:

Adicionar Remover

 
Registro da Marca
   
Poesia: Chimarrão
 
Pra fazer o mate amargo,
Erva nova de primeira.
Uma bomba, uma chaleira,
Uma cuia bem curada.
Garrafa térmica e nada
Mais precisa o chimarrista
Do que seguir nesta pista
Para iniciar a mateada.

Enquanto a água se aquenta
Até chiar na chaleira,
Encha a cuia, de maneira
Que a erva fique de um lado.
Ponha a água com cuidado
Pela borda do porongo.
Pouca erva é mate longo
E, muita, fica atolado.

Então o mate descansa
Até ficar bem cevado.
Que quer dizer bem inchado
Pra não dar entupimento.
A bomba, neste momento
Em que o dedão fecha o bocal,
Se coloca no local,
Evitando movimentos.
Chupe o mate até roncar,
Tomando ou botando fora.
Está cevado. E, agora,
Quem cevou toma o primeiro.
A roda é contra os ponteiros
E o mão toma o segundo.
E, depois, prá todo mundo
Até o sota, derradeiro.

Cada um recebe a cuia
E passa co’a mão direita.
O que agradece, rejeita,
E passa a ser preterido.
Aguarde pra ser servido.
Faça roncar, não é feio.
Não entregue pelo meio
Nem o devolva entupido.

Esta herança missioneira
É, certamente, o debuxo
Que identifica o gaúcho
No contexto da nação.
A erva do chimarrão,
Encoxilhada num canto,
É o pala verde Esperanto
Que recobre o meu rincão.


Autor: Iberê Machado

 
Portal Amigos da Tradição - 2004 | 2017 - WebMaster: Jonatan S. da Costa